quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Ilha dos Pavões, um cantinho de calma ao lado de Berlim

Pavões ciscando e se achando galinhas
Você está em Berlim com tempo sobrando, está calorzinho e você não sabe para onde ir? Que tal uma day trip até um lugarzinho lindo e pitoresco?
Num final de semana preguiçoso no finalzinho do verão, resolvemos fazer um passeio que vínhamos adiando há tempos: a Ilha dos Pavões, ou Pfaueninsel.
Ela é um dos destinos mais tranquilos e bonitos nos arredores de Berlim. Fica no Sudoeste da Cidade, pertinho do Wansee e de Potsdam, e desde 1990 é um dos patrimônios protegidos pela Unesco.
Só é possível chegar na ilha de barco. E ao chegar somos saudados pelas dezenas de pavões que andam livres, leves e soltos (e sem medo!) e pela visão de um castelinho fofo e bem cuidado.
O castelo data de 1790 e foi construído por Frederick William II para sua amante, de modo que mesmo quando ele estava em seu palácio em Potsdam, ele conseguia ver o castelinho dela.
Seu sucessor, o rei Frederick William III, criou um zoológico inspirado no Ménagerie du Jardin des Plantes, em Paris, em que os animais exóticos, incluindo jacarés, búfalos, cangurus, macacos, camaleões, lobos, águias, leões, lhamas, ursos, castores e pavões foram alojados. O número de animais chegou a mais de 900, de mais de 100 espécies!
Ele e sua esposa, a amada rainha Luise, usavam o castelo como um lugar de veraneio. Esses animais todos foram posteriormente doados para a criação do Zoológico de Berlim, em 1844, por seu sucessor Frederick William IV. Sobraram apenas os belíssimos pavões que hoje dão nome à ilha.
vista do castelo, ao fundo
Se você é fã de História, como eu, vai se deliciar com a visita ao castelinho superpreservado que existe por lá. A visita é guiada e apesar de nem todos os Tours serem em inglês, é possível entender a História já que eles fornecem material escrito nesse idioma.
Depois de conhecer o castelo, é hora de andar pelos gramados e entre as árvores, conhecer a fonte, o outro lado da ilha onde tem uma pequena fazendinha ou sentar no café para relaxar. Muitas famílias param para um piquenique também.
É um daqueles passeios gostosos para se fazer em família, sem pressa, só curtindo o dia.
Fiquei bastante impressionada como o passeio é popular para a Terceira Idade. Acho que a idade média do pessoal na balsa estava em 80 anos!

Como chegar lá?

A partir da estação central de Berlim (Hauptbanhof), é possível pegar o trem S7 na direção Wansee, até a estação de mesmo nome. De lá, sai o ônibus 218 na direção Pfaueninsel e é só descer no ponto final. O ônibus passa pelo meio da floresta e é um passeio bem agradável também. Calma, estamos quase chegando!
Última baldeação é a balsa que atravessa o rio e te deixa na ilha. Não precisa se animar, é MUITO rápida a travessia. Eu estava empolgadíssima achando que ia passear de barco... só que não. 
Eu tive algumas dúvidas no caminho e vou aqui passar os segredos e detalhes para vocês. 
Carolina lendo o mapa da ilha
Primeiro: o bilhete de trem tem que ser AB ou ABC? Isso nem sempre é fácil de descobrir usando o mapa, mas para este trajeto é AB.
Segundo: o ônibus também está incluído na região AB? Sim, está. Se você comprou um bilhete diário/mensal AB não precisa pagar mais nada aqui, só mostrar ao motorista pois esse local ainda está dentro da mesma zona.
Terceiro: A balsa tem que pagar? Tem e custa 4 euros por pessoa. Mas o preço já inclui ida e volta.

Custos Extras

Coloco aqui como custo extra, porque você pode ir à ilha só para apreciar a vista e fazer um piquenique, mas se você quiser visitar o interior do castelo tem que comprar bilhetes. Só se entra no castelo com o guia e tem um Tour a cada 30 minutos. O bilhete custa 6 Euros e compra-se na lojinha que fica em frente ao local que descemos da balsa. Dali é só subir o caminho lateral e já avistamos o castelinho. Ele fica com as portas fechadas, e no horário marcado o guia encontra os visitantes na entrada. Caso você queira tirar fotos dentro do castelo, deve pagar um adicional de 3 Euros e eles lhe darão uma pulseirinha indicando a permissão.

Horários

Horário da Balsa:

novembro-fevereiro:Seg - Dom: 10 - 16h 
Março e Outubro:     Seg - Dom: 9 - 18h  
abril e setembro:     Seg - Dom: 9 - 19h 
mai-ago:                 Seg - Dom: 9 - 20h

Castelo:

Abril a Outubro: Terça a Domingo 10-17:30h (última entrada às 17h)
Novembro a Março: FECHADO

Quantos joinhas da Carolina para esse passeio?



Três Joinhas!!! Esse é aquele passeio para fazer se você está em Berlim e tem muito tempo sobrando. Ou se você mora por aqui e está querendo curtir um dia de preguiça em um lugar bucólico. A impressão que tive é que Pfaueninsel é a Paquetá de Berlim. Só que com um castelo e muitos pavões.
Caso você esteja apenas de passagem por Berlim e queira muito visitar um castelo, aconselho os de Potsdam que são bem maiores e tem bem mais história e lugares a conhecer.

Você gostou do post? Já visitou essa Ilha? Conta para gente qual o castelo mais bonito que você já visitou!